Tudo o que você precisa saber para realizar um evento digital

É, não tem pra onde correr: o mundo, hoje, é digital. E não se fala mais nisso! Mas existe um mercado milionário que precisou se adaptar bastante, de uma hora para outra, a esta nova realidade: o setor de eventos.

Por classificação, os eventos digitais se subdividem conforme o tipo de transmissão, podendo ser ao vivo ou gravado. O que muda, além disso, é o conteúdo e o público a ser atingido, que influenciam, sobremaneira, nas plataformas escolhidas, na estratégia de comunicação a ser adotada e na linguagem de todo conteúdo produzido.

Para exemplificar, se um evento tem foco educacional, o seu formato pode ser um curso, uma palestra ou um workshop. Quando o viés é expositivo, ele normalmente tem características de uma feira ou convenção. Há ainda a possibilidade de ser, por conta do encerramento do ano fiscal, um evento com a intenção de apresentar o demonstrativo de resultados de uma empresa ou organização. Em outras palavras, são diversos os formatos possíveis, que exigem um planejamento e execução específicos para cada um deles.

Pode parecer que não, mas o cenário de eventos digitais é muito recente. Ao mesmo tempo, possui uma curva exponencial de inovação, se comparado aos primeiros eventos corporativos, que nada mais eram do que ambientes virtuais para a exibição de conteúdos gravados ou ao vivo.

Hoje, muitos destes eventos constroem digitalmente o ambiente, colocando o participante na condição de avatar, capaz de caminhar pelo cenário virtual, como num jogo de vídeo de game. Neste sentido, inovar em um evento digital é utilizar mecanismos e tecnologias, de forma cada vez mais inusitada.

Mas, afinal de contas, o que um contratante deste tipo de serviço precisa ter em vista na hora de contatar um fornecedor nesta área? Ele precisa ter  o escopo do evento planejado, estimativa de público, data de realização e duração do evento, além de ter em mente se os conteúdos serão transmitidos ao vivo ou gravados. Com essas informações em mãos, é possível estimar os custos e levantar os demais requisitos para a digitalização do evento.

Uma estratégia muito utilizada para criar engajamento nos eventos digitais tem sido a Gamificação, que é uma metodologia que utiliza gatilhos mentais para motivar as pessoas a fazerem o que deve ser feito, isto é, um processo gamificado utiliza recursos e técnicas que fazem com que as pessoas cheguem ao fim do processo.

Desta forma, pode-se utilizar a Gamificação na estratégia de divulgação, aumentando o interesse do público-alvo; na inscrição, fazendo com que o interessado confirme a sua participação pode ser utilizada também durante toda a jornada do participante, permitindo com que ele interaja mais com as atividades, com outros participantes, entre outras tarefas. Basicamente, a gamificação é um recurso para aumentar o engajamento do público em cada fase de interesse da contratante.

Então, qual o segredo de sucesso de um evento digital? Ele é medido por indicadores calculados através dos dados dos participantes. Um evento online permite que se saiba quantas pessoas participaram do evento no total; o pico de acesso simultâneo qual atividade teve maior engajamento do público qual o tempo médio de permanência no evento qual foi a atividade mais acessada qual o horário de pico dentre outras informações que corroboram para o sucesso do evento.

E é possível realizar um evento digital que impressione o público? Claro que sim! A primeira coisa a se fazer é conhecer muito bem este público. Portanto, uma das etapas essenciais no planejamento de um evento online é o levantamento das personas, o público-alvo ideal para aquele evento, porque é para estas personas que o evento é planejado.

Um bom planejamento é feito centrado no usuário e isso faz com que cada detalhe, cada atividade, cada tecnologia utilizada seja implementada com a finalidade de impressiona-lo. Isso é o que chamamos de Design de Experiência, ou seja, é o momento de criação da jornada deste usuário, desde o momento em que ele descobre o evento até o momento em que se desconecta.

Não tem erro! Pensar de forma global o seu evento digital, apoiado por quem entende e sabe fazer, é tudo o que você precisa para realizar um evento que fique na memória das pessoas.

Aí, é só estourar o espumante, ao final, pra comemorar o sucesso!

Vamos juntxs!?

A Ekoá Jogos e Gamificação tem como propósito elevar a realidade das empresas colocando as pessoas no centro da experiência.

Criamos experiências que fundem o mundo físico e o digital de forma a promover o engajamento e atingimento de objetivos corporativos.

 

 

 

 

2020-11-10T09:35:39-03:00