Conheça agora cinco tipos de eventos online

Imagine que, na sua frente, há uma balança que pese os projetos de eventos que você fez e os que não conseguiu executar. Se pudéssemos trazer essa análise para a realidade, você se sentiria satisfeito com o resultado? Muitas pessoas alegam que não conseguem terminar aquilo que começam fazer. Se você faz parte desse percentual, não se desespere! Isso é relativamente normal, mas pode ser mudado (oba!).

Sâmia Simurro, psicóloga mestre em Neurociências e Comportamento pela Universidade de São Paulo (USP), explicou para o portal “UOL Universa” que nunca terminar o que se começa vai além de um mau hábito. Essa situação está relacionada, na verdade, a medos, incertezas e hesitações que incidem em nossas vidas.

O comportamento, em muitos dos casos, é observado quando buscamos tirar grandes planos do papel para torná-los realidade. Nesse momento, é comum bater aquele friozinho na barriga e, também, sentir receio sobre qual passo deve ser dado na sequência. Para romper esse ciclo, é fundamental conhecer o território que se percorre. Então, me diga, por onde você tem andado para saber, de fato, sobre o seu evento?

Às vezes, entramos em caminhos confusos. E, em muitos dos casos, esses são os motivos que fazem com que ideias incríveis fiquem estacionadas na garagem dos nossos pensamentos. Graças à tecnologia e às ferramentas de streaming, contamos com inúmeras possibilidades de expandir o alcance de um projeto. E isso é um mar aberto, sem detalhamento algum. Por isso, é relevante saber o que se quer atingir.

O mercado de eventos, assim como diversos outros segmentos, é amplo. Hoje em dia, então, nem se fale! No meio de tantas possibilidades, é preciso realmente saber onde o seu projeto – sim, esse mesmo que você deixou criando poeira por estar parado na sua cabecinha – se enquadra.

“Mas como eu posso saber isso?”, você deve estar se perguntando. Bem, aqui vai cinco tipos de eventos online que existem e que, sem dúvidas, são os mais
queridinhos entre o público. Será que se encaixa com o que você está bolando? Confira:

1) Cursos e workshops

A Udemy, plataforma de Ensino a Distância (EAD), fundada em 2009, registrou que os cursos online, durante a pandemia, tiveram um aumento no número de
matrículas em mais de 400% ao redor do mundo. A busca por conteúdos remotos se tornou mais presente por conta do coronavírus e ganhou o coração de muitas pessoas devido a sua variedade e comodidade oferecida ao público. Então, se você tem algo para ensinar para alguém ou deseja apresentar técnicas
sobre algum assunto, esse formato de evento é o ideal para o seu investimento.

2) Meetups

Aliadas do networking, o meetup é um encontro informal para que as pessoas conversem e troquem experiências profissionais afim de fortalecer a sua relação com colegas de trabalho de ramos variados. Produzir um evento voltado a esse tipo de ação é extremamente benéfico, pois há inúmeros assuntos que podem ser explorados, como tecnologia, gastronomia, enologia, música, moda, universo fitness, espiritualidade, enfim… muitas coisas. E sabe o que é melhor? Às vezes, dependendo do seu objetivo, basta investir apenas em uma única ferramenta de videoconferência ou streaming. Depois, é só deixar os participantes à vontade para interagirem.

3) Seminários

Considerado uma metodologia de estudo, o seminário se destacou no meio digital nos últimos meses. De forma geral, são parecidos com os cursos e workshops, por serem voltados para a área educacional, entretanto, se diferem dos outros tipos de evento por trazer um debate de ideias sobre o tema central proposto. Não são tão fáceis de serem executados, pois a natureza da sua operação exige uma complexidade mais detalhada, como uma ferramenta de streaming top, uma operação digital eficiente que rode em tempo real e, além disso, é necessário um mediador.

4) Convenções e feiras

Eventos que trazem palestras, feiras, shows ou congressos pedem mais atenção. Por precisar de uma plataforma específica e central para agregar outros tipos de serviços, como fórum e banco de dados, esse formato conhecido como convenções e feiras precisa ser bem planejado para trazer um ambiente virtual interessante e capaz de atender às necessidades do participante. #Dica: saiba com qual público você está lidando e ofereça um evento de qualidade,de acordo com as expectativas dos seus clientes.

5) Congressos

Agora chegou a hora de falar daqueles grandes eventos, com duração superior a um dia: os congressos. Normalmente, há espaços específicos para mesas-
redondas, simpósios, palestras, estandes expositivos e atividades de interação com o participante. Uau! Muita coisa, né? Mas não se assuste: dá para trazer todo esse formato para o meio virtual. Assim como as convenções e feiras, esse tipo de evento também requer uma atenção especial por precisar de uma plataforma específica que contemple todo o tipo de atividade planejada.

Atualize-se: O mercado de eventos online deixou de ser uma aposta e virou uma realidade. A cada dia, novas plataformas surgem neste meio para oferecer
possibilidades variadas. Com isso, é possível criar formatos inusitados – e chamativos para o público – de eventos digitais. O cenário para 2020 já está concretizado, com várias empresas buscando realizar um evento ainda este ano. O panorama para o ano que vem também não fica para trás!

Saiba onde investir: Vários aspectos devem ser levados em consideração na hora de definir o tipo de evento que deve ser colocado em prática. É importante estar atento ao público que deseja atingir; as questões geográficas possíveis; e os custos na hora de se planejar o projeto.

Não esqueça: Para inovar em eventos digitais é necessário tirar o usuário da passividade! Então, instigue outras funções além de visitante e consumidor de
conteúdo. Para isso é necessário criar uma experiência onde este participante seja o protagonista da jornada, com autonomia de escolhas e vivências específicas nos ambientes projetados. No que diz respeito aos eventos corporativos, em específico, é necessário fornecer funcionalidades de negócio que funcionem no ambiente online como hackatons e matchmaking, uma forma de gerar networking focado em projetos específicos.

A Ekoá Jogos e Gamificação tem como propósito elevar a realidade das empresas colocando as pessoas no centro da experiência.

Criamos experiências que fundem o mundo físico e o digital de forma a promover o engajamento e atingimento de objetivos corporativos.

 

 

 

 

2020-11-24T13:03:49-03:00