Você pode transformar o jeito de fazer eventos seguindo este passo a passo

Produzir um evento virtual pode, sim, ser complicado. Mas você não precisa transformar isso em um bicho de sete cabeças! Quando alguns aspectos são definidos, torna-se muito mais fácil desenrolar todo o processo para chegar a um resultado final de excelência. Portanto, é possível simplificar as etapas iniciais para evitar complicações.

Uma coisa é fato: nas redes sociais, vemos que este tipo de projeto tem chamado muita atenção de diferentes tipos de segmentos. O formato, sem dúvidas, está ganhando cada vez mais o mercado brasileiro.

Apesar de ser um investimento extremamente rentável, você pode estar se perguntando: “equipe Ekoá, será que realmente vale a pena entrar nesse mundo, com tantos eventos digitais concorrentes?”. Pois, acredite, vale super a pena! Claro, a gente sente aquele friozinho na barriga, mas, cá entre nós, as melhores sensações da vida são capazes de te passar esse sentimento, não é?

Então, chuta esse medo para escanteio e aproveite para anotar um passo a passo bem mamão com açúcar para você começar a criar o seu evento de sucesso:

Os principais passos de como criar um evento online de sucesso

Público-alvo

Ok, hora de preencher algumas lacunas para tirar o seu projeto do papel! A primeira coisa que deve ser feita é (se) questionar para qual público será direcionado o seu evento. O seu foco é gastronomia? Quem sabe, então, games e tecnologia? Ahhh… mas e se for literatura? Cada área citada possui um perfil específico, certo? Isso é fundamental na hora do planejamento! É preciso saber quem se quer alcançar com o evento para oferecer algo que dialogue com a realidade proposta.

Transformação

Público definido? Maravilha! Então, agora é hora de passar a ideia física para o universo digital. Muitos se enganam quando acreditam que apenas disponibilizar conteúdos online é o suficiente para gerar entretenimento, engajamento e envolvimento de quem está do outro lado da telinha. Uma dica importante, e que deve ser colocada em prática, diz respeito à necessidade de avaliar os novos formatos que os eventos virtuais disponibilizam. Há várias ferramentas e dispositivos que podem ser implementados, mas é preciso ser criterioso para a escolha.

Saia dessa caixinha!

Ai, ai… que dica mais clichê! Sim, nós sabemos, entretanto, não se engane: às vezes, uma coisa é muito repetida porque, de fato, possui efeito. Para você conseguir sucesso em qualquer área da vida é preciso ir além. Quebre os padrões e invista em algo novo. Aposte as suas fichas no desconhecido e aprenda com ele ao invés de temê-lo. Por isso, essa velha máxima é fundamental. Então, pense fora da caixa para colocar a mão na massa. Pode ser que, nesse processo, você acabe errando uma ou duas vezes (três ou quatro também, por que não?), mas não desista.

Pesquisar, pesquisar e pesquisar…

Não é fácil ter ideias inovadoras de uma hora para outra. Principalmente se é um processo que destoa da sua realidade. Então, uma das formas mais pragmáticas de sair da famosa #TelaAzul é pesquisar muito sobre o mercado de eventos, tecnologias e tendências. Ao mergulhar neste mundo, surgirão insights para a transformação.

Dicas extras!

Um evento deve ser pensado com o foco no participante, visto que o público é a alma do negócio. Ainda que seja apresentado um conteúdo interessante, é preciso mostrar que o esforço por trás dos panos levou a esse resultado final. Nós garantimos que não há nada melhor dentro dessa profissão quando alguém entra naquilo que você produziu e solta um longo e enfático: “uau!”.

Por isso, reforçamos a importância do evento deve ser atraente, interativo e, além disso, ser capaz de criar um elo afetivo com o participante. Isso, sem dúvidas, é o que tornará a experiência memorável. Do começo ao fim.

Produção de Conteúdo:
PROTIVA COMUNICAÇÃO
Texto: Gabriella Collodetti
Revisão e Edição: Flávio Resende
Data: 26/11/2020

A Ekoá Jogos e Gamificação tem como propósito elevar a realidade das empresas colocando as pessoas no centro da experiência.

Criamos experiências que fundem o mundo físico e o digital de forma a promover o engajamento e atingimento de objetivos corporativos.

 

 

 

 

2020-12-14T16:32:25-03:00