9 dicas fáceis para transformar o seu evento online

Produzir um evento de alto padrão é um processo que demanda muita criatividade e conhecimento de ferramentas e metodologias adequadas porque, antes de tudo, é necessário levantar todas as possibilidades.

Quando chega para nós este tipo de solicitação – de transformar um evento presencial em online, usando as ferramentas disponíveis na plataforma Gamifica.AI, o primeiro passo é mapear o processo do evento do ponto de vista do participante, registrando todas as tarefas relevantes com os seus respectivos objetivos e expectativas.

Em outras palavras, desenhamos toda a jornada do usuário. A partir daí, extraímos os pontos-chave: objetivos, metas e expectativas, quaisquer aspectos que sejam importantes e, assim, criamos uma experiência digital que contemple os mesmos atributos.

Portanto, não é apenas uma conversão. Trata-se de um processo de criação.

Seguindo esta linha de raciocínio, mapeamos 9 dicas para transformar um evento online. Confira:

9 dicas para transformar um evento online

    1. O evento online não precisa ser igual ao presencial – Muitos clientes se apegam ao presencial para criar o seu evento online. Este é um dos principais erros. Transformar o evento trata, principalmente, de não se ater aos elementos do mundo físico;
    2. Não crie uma trajetória linear para o participante – É necessário criar uma árvore de decisão para o participante, isto é, criar caminhos ramificados onde ele possa ser o protagonista da experiência;
    3. Simplifique as ações do participante – Evitar que o usuário percorra a plataforma desnecessariamente é um fator relevante para a experiência. Pense em número de cliques para tarefas simples. Afinal, quanto menos cliques, melhor a experiência;
    4.  Crie ambientes impressionantes – As leis da física não se aplicam ao mundo digital. Então, libere o potencial criativo na hora de criar os detalhes visuais do seu evento;
    5. Seja ousado – O maior atrativo dos eventos online é a inovação. Não é hora de ser conservador;
    6. Foco no participante – Ele é a estrela, o protagonista do seu evento. Tudo deve ser criado pensando nele. O sucesso ou o fracasso do evento virão da repercussão da experiência que ele terá;
    7. Pense na jornada como um todo – O mundo digital está totalmente interligado e, caso você não tenha percebido, ele é fluido. Então, toda experiência deve ser pensada desde o momento em que o usuário descobre o evento até o relacionamento após o encerramento;
    8. Inteligência de dados – Ainda na fase de planejamento, devem ser pensadas métricas que se deseja coletar e o que será feito com esses dados, pois um evento online gera muita, mas muita informação;
    9. Gamificação – É a metodologia, comprovadamente, mais engajadora que existe em um ambiente digital. Portanto, utilize-a com sabedoria.

Surpreendendo o público

Acreditamos que o cliente precisa ter satisfação no seu evento, mas encantar o público (do cliente) é essencial para o sucesso do projeto. Por isso, todo o nosso desenvolvimento é com foco no participante. Se conseguirmos criar um elo afetivo ou emocional entre o evento e o usuário da plataforma, isso ficará na memória e contribuirá para o sucesso do evento e, consequentemente, do cliente e, porque não dizer, do nosso também.

Não tenha dúvida de que pensar na jornada do participante, de ponta à ponta, é a parte mais difícil no desenvolvimento de um evento. É necessário um estudo do público-alvo, levantamento da persona ideal, estimativa de comportamentos e, partir daí, elaborar toda uma estratégia que seja engajadora para esta persona ideal, mas que também faça sentido para grande parte do público alvo.

Por incrível que pareça, a gamificação é a mais fácil, mas, obviamente, depende do nível de complexidade. Existem mecânicas simples de pontos, ranking, medalhas e recompensas que são o suficiente para engajar grande parte do público e que não são difíceis de implantar. Entretanto, deve-se tomar cuidado para que as ações exigidas sejam equilibradas e que o público não tenha uma sensação de extrema dificuldade ou que o processo seja banalizado.

Em 2020, tivemos muitas demandas para colocar um evento presencial no formato digital. E, lamentavelmente, nem todos os clientes se sentiram confortáveis com as alterações que seriam necessárias para realizar o evento.

No entanto, a grade maioria teve uma ótima aceitação do público. Acreditamos que, com o sucesso de eventos que já “nasceram” online, a aceitação será maior e, portanto, veremos o surgimento de versões digitais de eventos presenciais já consagrados e o nascimento de novos eventos já no mundo digital, bem como uma maior aderência à inovação por meio de métodos e tecnologias.

É isso aí! O ano de 2021 que nos aguarde!

Produção de Conteúdo:
PROTIVA COMUNICAÇÃO
Texto: Sarah Farias
Revisão e Edição: Flávio Resende
Data: 09/12/2020

A Ekoá Jogos e Gamificação tem como propósito elevar a realidade das empresas colocando as pessoas no centro da experiência.

Criamos experiências que fundem o mundo físico e o digital de forma a promover o engajamento e atingimento de objetivos corporativos.

 

 

 

 

2021-01-08T15:49:18-03:00