Aumente o engajamento do seu evento on-line em 100%

Uma das dúvidas mais recorrentes de nossos clientes tem sido de como mensurar o engajamento de um evento, tanto no formato on quanto off-line. E a resposta não poderia ser mais simples: coletando indicadores, ora bolas. Mas que diabo seriam estes tais indicadores? Presença, assiduidade (presença persistente), pontualidade, feedbacks positivos, NPS (net promoter score), dentre outros, podem ser apontados como exemplos.

Mas a grande sacada é que, por meio de gamificação, é possível criar desafios que potencializam esses indicadores. Um destes desafios é o de pontualidade, que fica disponível somente no início do evento. Ou seja, somente quem chega cedo tem acesso a eles. Desafios para as pessoas divulgarem o evento também são um jeito certeiro de aumentar o número de participantes presentes e o NPS. E por fim, criando uma narrativa que faça sentido para o tipo de público do evento pode gerar uma percepção maior de valor, trazendo feedbacks mais positivos.

SEIS ERROS MAIS COMUNS NA HORA DE ENGAJAR

Falando assim parece fácil, né? Mas é muito fácil errar neste processo. Por este motivo, elencamos os seis erros mais comuns na hora de engajar o público para eventos on line. Confira:

  1. Tentar forçar o usuário sem envolvê-lo (o usuário precisa querer fazer aquilo. Portanto, não basta você enquanto organizador desejar);
  1. Não perguntar para o usuário os interesses dele ao participar do evento;
  1. Não recompensar o usuário por tarefas difíceis, trabalhosas ou relevantes para você. Se ele fez algo que você quer, ele precisa ser recompensado para que ele sinta motivação intrínseca ao continuar fazendo;
  1. Não ter um tutorial de como acessar a plataforma ou as atividades do evento;
  1. Trazer conteúdos desconectados com o tema do evento;
  1. Marketing “capenga”. Se você possui uma verba para marketing é interessante que consiga atingir o seu público, trazendo anúncios orgânicos e pagos para que as pessoas saibam que o evento vai acontecer. Com um pixel de facebook instalado é possível inclusive “perseguir” esses usuários, se eles já passaram pelo seu site fazendo remarketing.

No final das contas, a gente descobre que o que é imprescindível na hora de engajar é conhecer o público alvo. E que o engajamento pode (e deve) ser planejado. Isso porque planejamento é processo de design e processo de design é centrado no usuário.

Resumo da ópera: a primeira pessoa que deve ser “consultada” no momento de planejamento do seu evento deve ser um potencial participante. O que pode lhe ajudar neste processo de pesquisa, para dobrar o seu engajamento, são entrevistas desestruturadas e estruturadas, grupo focal, observação global exploratória, shadowing, entre outros.

Esperando o que pra começar? Se precisar de uma focinha, já sabe onde procurar, né? 😉

 

 

Produção de Conteúdo:
PROTIVA COMUNICAÇÃO
Texto: Sarah Farias
Revisão e Edição: Flávio Resende
Data: 02/02/2021

A Ekoá Jogos e Gamificação tem como propósito elevar a realidade das empresas colocando as pessoas no centro da experiência.

Criamos experiências que fundem o mundo físico e o digital de forma a promover o engajamento e atingimento de objetivos corporativos.

 

 

 

 

2021-02-10T09:59:30-03:00